ESPECIAL: Minha História

Pois é, queridos amigos seguidores do ÊHMB De Olho Na TV . Hoje estou atingindo a idade de Cristo e peço licença a todos vocês que a...

sábado, 31 de março de 2018

PROGRAMAÇÃO ANTIGA: 31 de Março de 1976

No blog ÊHMB De Olho Na TV, vejam agora o que as emissoras de televisão de Curitiba e Rio de Janeiro estavam exibindo no dia 31 de março de 1976, uma quarta-feira, há exatos 42 anos! Confiram!


TV Iguaçu (Canal 4)
10h45 - Padrão a Cores
11h00 - Vila Sésamo
11h30 - João da Silva
11h58 - Globinho
12h00 - Jogo Aberto
12h45 - Jornal da Cidade
13h00 - Jornal Hoje
13h30 - Mundo Animal
13h58 - Globinho
14h00 - Moby Dick
14h30 - Fantasminha Legal
14h58 - Globinho
15h00 - Sessão da Tarde
16h30 - Hanna-Barbera
16h58 - Globinho
17h00 - Show das Cinco: João Grandão e Rhoda
18h00 - Vejo a Lua no Céu
18h45 - Jornal da Cidade
19h00 - Anjo Mau
19h48 - Dois Minutos com Munir Calluf
19h50 - Jornal Nacional
20h15 - Pecado Capital
21h00 - Show de Jornal
22h00 - O Grito
22h40 - Kojak
23h40 - Sessão Mistério


Rede Globo (Canal 4)
10h15 - Padrão a Cores
10h30 - Vila Sésamo
10h58 - Globinho
11h00 - Agente 86
11h30 - O Mundo Animal
11h58 - Globinho
12h00 - Globo Cor Especial: Devlin, o Motoqueiro e A Família Adams
13h00 - Jornal Hoje
13h30 - Senhora Reprise: Helena
13h58 - Globinho
14h00 - Sessão da Tarde: "Melodia Imortal" (RJ) / "A Grande Partida" (SP)
16h00 - Sessão Aventura: Korg BC 70.000
16h58 - Globinho
17h00 - Show das Cinco: João Grandão
17h30 - Faixa Nobre: Rhoda
18h00 - Vejo a Lua no Céu
18h45 - Tom & Jerry
19h00 - Anjo Mau
19h50 - Jornal Nacional
20h15 - Pecado Capital
21h00 - Quarta Nobre - Caso Médico: Um dos Nossos
21h55 - Jornalismo Eletrônico
22h00 - O Grito
22h30 - Controle Remoto: A Pedra Lunar
23h30 - Amanhã
24h00 - Coruja Colorida: "Duelo de Titãs" (RJ) / "Nos Bastidores de um Grande Concurso de Beleza" (SP)


TV Paraná (Canal 6)
06h30 - Padrão Musical
06h50 - Ginástica pela TV
07h15 - Café com Leite
08h00 - João da Silva
08h30 - TV Educativa
09h00 - Matinada
09h30 - Simplesmente Linda
11h30 - Seriado de Aventuras
12h00 - Clube da Notícia
13h00 - Mini-Cinema
13h30 - Censura Livre
15h00 - Brigada Oito
15h30 - Pimentinha
16h00 - Os Jetsons
16h30 - Sessão Patota
17h30 - Hazel, a Empregada Maluca
18h00 - TV de Serviço
18h25 - Canção para Isabel
19h00 - Um Dia, o Amor
19h50 - Xeque-Mate
20h40 - Sessão Esfria a Cuca
20h45 - Factorama
21h00 - Senhoras e Senhores
22h00 - O Caçador
23h00 - Police Woman


Rede Tupi (Canal 6)
15h00 - TVE - Circuito Nacional: Imagens - O Algodão
15h15 - TVE - Circuito Nacional: Márcia e Seus Problemas
15h30 - Abbot & Costello
16h00 - Bang-Bang Show
17h00 - Clube do Capitão Aza e os Super-Heróis (RJ) / Sessão Patota (SP)
18h00 - Speed Racer
18h30 - Canção Para Isabel
19h15 - Um Dia, o Amor
20h00 - Xeque-Mate
20h45 - Factorama - Edição Nacional
20h58 - Jacintho de Thormes
21h00 - Espaço 1999
22h00 - O Caçador
23h00 - Police Woman
24h00 - Cinema Classe Especial: "Sicário de Farda" (RJ) / "Os Jogos" (SP)


TV Paranaense (Canal 12)
11h25 - Abertura das Transmissões
11h30 - TV Educativa
11h55 - Jornal dos Astros
12h00 - Jornal do Meio-Dia
13h00 - Jornal Econômico
13h10 - Guerra, Sombra e Água Fresca
13h40 - Júlia
14h10 - Sessão das Duas
14h40 - Nós e o Fantasma
15h10 - A Feiticeira
15h40 - Paladino do Oeste
16h10 - Batman
16h40 - Viagem ao Fundo do Mar
17h40 - Reino Selvagem
18h10 - Festival de Desenhos
18h40 - Jornada nas Estrelas
19h40 - Notícias
19h50 - Sessão Bang-Bang: Bonanza
20h50 - Notícias
21h00 - Sessão Tiroteio
23h00 - Police Woman
24h00 - Dundee


TV Rio (Canal 13)
15h55 - Abertura com Padrão
16h00 - Dedicado a Você
16h30 - Encontro com Arlete Ribeiro
17h30 - Plim Plim, o Mágico do Papel
18h00 - Sessão Fim de Tarde
18h45 - Visão
19h15 - Seriado de Aventuras: S.O.S. Guarda-Costa Alerta
19h45 - Rede Fluminense de Notícias
20h00 - Bonanza
21h00 - Cinema Documentário
22h00 - Câmera 13
22h20 - Bolsa de Valores
22h25 - Milost Importante
22h30 - Isto é Verdade
23h30 - Rumo ao Infinito

sexta-feira, 30 de março de 2018

PROGRAMAÇÃO ANTIGA: 30 de Março de 1989

No blog ÊHMB De Olho Na TV, vejam agora o que as emissoras de televisão de São Paulo estavam exibindo no dia 30 de março de 1989, uma quinta-feira, há exatos 29 anos! Confiram!


TV Cultura (Canal 2)
09h00 - Catavento
09h30 - Bambalalão
11h00 - Revistinha
12h00 - É Hora de Esporte
12h40 - Primeira Edição
13h00 - MPB Especial
13h57 - S.O.S. Trânsito
14h00 - Vestibulando
15h00 - Catavento
15h30 - Bambalalão
17h00 - Revistinha
17h57 - S.O.S. Trânsito
18h00 - São Paulo Rural
18h30 - Documentário
19h00 - Jogo de Cintura
20h00 - Vídeo Esporte
20h13 - S.O.S. Trânsito
20h16 - Vídeo Repórter
20h30 - Horário Político: PJ
21h30 - Taça Brasil de Basquete Maculino: Ravelli/Franca x Flamengo (ao vivo)*
22h30 - Jornal da Cutura
23h00 - Metrópolis
23h30 - Esporte - Taça Brasil de Basquete Maculino: Sírio x Pirelli/Santo André (VT completo)

* O jogo começou às 21 horas, mas em virtude do Horário Político, a transmissão iniciou-se meia-hora depois


SBT (Canal 4)
06h45 - Qualificação Profissional
07h00 - Mãos Mágicas
07h15 - Notícias de Primeira Página
07h30 - A Turma do Pica-Pau
08h00 - Oradukapeta
10h30 - Dó, Ré, Mi, Fá, Sol, Lá, Simony
12h20 - Chapolin
12h45 - Bozo
15h30 - Show Maravilha
18h15 - Sessão Carrossel: Punky - A Levada da Breca
18h45 - TJ São Paulo
19h12 - Economia Popular
19h15 - TJ Brasil
20h00 - Chaves
20h30 - Horário Político: PJ
21h30 - Starman - O Homem das Estrelas: Grandes Amigos
22h30 - Tom & Jerry
22h40 - Combate no Vietnã: Amantes da Guerra
23h40 - Notícias de Primeira Página - Boletim
23h45 - Jô Soares Onze e Meia
24h45 - Notícias de Primeira Página
01h00 - Perfil


Rede Globo (Canal 5)
06h30 - Telecurso 2º Grau
07h00 - Bom Dia Brasil
07h30 - Bom Dia São Paulo
08h00 - Xou da Xuxa
12h25 - SPTV - 1ª Edição
12h40 - Globo Esporte
13h00 - Jornal Hoje
13h25 - Vale a Pena Ver de Novo: A Gata Comeu
14h20 - Sessão da Tarde: "Candelabro Italiano"
16h20 - Sessão Aventura: Guerra dos Sexos
17h20 - Sessão Comédia - O Poderoso Benson: O Impostor
17h55 - Vida Nova
18h50 - Que Rei Sou Eu?
19h45 - SPTV - 2ª Edição
20h00 - Jorna Nacional
20h30 - Horário Político: PJ
21h30 - O Salvador da Pátria
22h30 - Globo de Ouro
23h30 - Jornal da Globo
24h00 - Festival de Sucessos: "Tudo Bem no Ano Que Vem"


TV Record (Canal 7)
07h00 - Telescola
07h30 - Igreja da Graça
08h00 - Programa Ferreira Netto Especial
09h00 - Nova Mulher
12h00 - Record em Notícias
13h00 - Pintando o Sete
17h00 - Viagem Fantástica
18h00 - Vibração
18h30 - Record nos Esportes
19h00 - Jornal da Record
20h00 - Natureza
20h30 - Horário Político: PJ
21h30 - Campeonato Paulista de Futebol: Mogi Mirim x Portuguesa (ao vivo)
23h30 - Programa Ferreira Netto


Rede Manchete (Canal 9)
07h30 - Programa Educativo
08h00 - São Paulo Oito Horas
08h30 - Brasília Oito e Trinta
09h00 - Rio Nove Horas
09h30 - Repórter Manchete
10h00 - Sessão Animada
10h30 - Flashman
11h00 - Changeman
11h30 - Jaspion
12h00 - Manchete Esportiva - 1º Tempo
12h30 - Jornal da Manchete - Edição da Tarde
13h00 - Corpo Santo
14h00 - Mulher 90
16h00 - O Homem Invisível
17h00 - Clube da Criança
19h30 - Jornal Local
19h50 - Boletim do Tênis - Torneio Internacional de Lipton
19h55 - Manchete Esportiva - 2º Tempo
20h20 - Momento Econômico
20h30 - Horário Político: PJ
21h30 - Jornal da Manchete
22h30 - Helena
23h30 - Richard Clayderman Especial
24h30 - Baretta: Vingança
01h30 - Jornal da Manchete - Segunda Edição
02h00 - Jornal Local
02h15 - A Ilha da Fantasia


TV Gazeta (Canal 11)
08h30 - Brincando na Paulista
09h30 - Clip Trip
11h00 - TV Mix I
13h00 - Boa Vonatde
13h05 - Destaques
13h50 - Forno, Fogão & Cia.
14h20 - Inter Mix II
14h25 - Mulheres em Desfile
16h55 - Inter Mix III
17h00 - Brincando na Paulista
18h00 - Clip Trip
19h30 - Jornal do Esporte
20h00 - TV Mix IV
20h30 - Horário Político: PJ
21h30 - TV Mix IV (continuação)
22h15 - Paulista 900
23h00 - Vamos Sair da Crise
24h30 - Turfe na TV
01h15 - Circuito Night & Day
01h45 - Boa Vontade


Rede Bandeirantes (Canal 13)
06h30 - Agricultura Hoje
06h35 - O Despertar da Fé
07h00 - Brasil Hoje
07h30 - Força Verde
07h35 - Dinheiro
08h00 - Dia Dia - Edição Local
09h00 - Dia Dia - Edição Nacional
09h30 - Cozinha Maravilhosa da Ofélia
10h00 - Meu Pé de Laranja Lima
11h00 - Jeannie é um Gênio: Como Sobreviver a um Instrutor
11h30 - A Feiticeira: Serena, Mas Não Muito
11h55 - Boa Vontade
12h00 - Bandeira 1
12h30 - Esporte Total - Edição Nacional
13h00 - Esporte Total - Edição Local
13h15 - Kung Fu
14h15 - Circo da Alegria
16h30 - Cavalo Amarelo
17h30 - Canal Livre
19h25 - Jornal de São Paulo
19h40 - Agrojornal
19h45 - Jornal Bandeirantes
20h30 - Horário Político: PJ
21h30 - Campeonato Paulista de Futebol: Mogi Mirim x Potuguesa (ao vivo)
23h30 - Vanguarda
24h00 - Flash
01h00 - Cinema na Madrugada: "Deixa Girar, é Uma Valsa"

quarta-feira, 28 de março de 2018

HISTÓRIA: As Copas na Telinha - 2ª Parte

Hoje, como não temos programação antiga para ser postada, vamos retomar a história das transmissões de Copas do Mundo na TV brasileira aqui neste blog. Vimos na primeira parte, como chegou às nossas telinhas as imagens das Copas de 58 a 70 e agora, na segunda parte, iremos ver a revolução tanto nas transmissões quanto na aquisição dos direitos de transmissão das Copas de 74 a 82. Então, é dada a partida mais uma vez.

1974 - Alemanha
A procura por televisores em cores foi enormes pelo fato da mídia da época anunciara a primeira "Copa Colorida" na TV brasileira e por isso, existem mais de 9 milhões de aparelhos televisores pelo Brasil. Através da EMBRATEL, o telespectador teve a sua disposição 76 horas de cobertura de Copa do Mundo e para que tudo isso tornasse possível foram desembolsados Cr$ 21 milhões, sendo Cr$ 12 milhões pelos direitos de transmissão, custos operacionais, canal de satélite e despesas de custo à EMBRATEL e mais Cr$ 9 milhões pelas despesas com viagem (passagens aéreas e transporte interno), estada da equipe e aluguel de equipamento e cabine, para ter plenas condições em efetuar transmissões diretas dos estádios, cada uma com três lugares, possibilitando o trabalho coletivo de narrador, comentarista e repórter. Se em 1970, havia apenas um único sinal de transmissão de TV, em 74, as três redes ganharam um canal próprio de áudio, mas trabalhando com a mesma imagem, em sistema de pool. As redes Globo, Tupi e REI gastaram cada uma Cr$ 3,5 milhões pelos direitos de transmissão, enquanto que a TV Cultura de São Paulo recebeu uma verba de Cr$ 1,5 milhão do Governo Estadual para poder receber as imagens via-satélite dos jogos. As emissoras podiam transmitir 19 jogos ao vivo e outros 19 em vídeo-tape, as transmissões se iniciavam 15 minutos antes e encerravam-se 5 minutos depois do apito final e tiveram o patrocínio comum do Grupo Copersucar (que divulgava o Açúcar União e o Programa Pró-Álcool do Governo Federal) e Cia. de Cigarros Souza Cruz (esta, anunciava os Cigarros Continental, o "cigarro oficial da Copa"). Mesmo assim, cada rede pôde vender mais duas cotas de publicidade por conta própria cada uma. A Globo teve suas cotas vendidas para as Pilhas Eveready e Lume Consórcios, a Tupi comercializou para Fósforos Fiat Lux e Companhia Antarctica de Cervejas e Refrigerantes e a REI vendeu seu espaço publicitário para os Televisores Colorado RQ e Bradesco. Um episódio marcou a cobertura da TV na Copa de 74: o conflito do Sindicato dos Jornalistas para impedir ex-jogadores em exercerem a função de comentarista, temendo perder emprego. Não fosse o fato, Pelé seria o "convidado especial" de um programete de cinco minutos de comentários, logo após os jogos da REI, analisando as condições físicas dos jogadores e Gérson seria também o "convidado especial" das transmissões dos jogos do Brasil pela Globo.


Rede Globo
Investiu Cr$ 484 mil para a cobertura do torneio e mandou para a Alemanha uma equipe de 13 pessoas dividida em dois grupos: uma para as transmissões das partidas, chefiada por Rui Viotti, e a outra para a cobertura jornalística diária com o dia-a-dia do evento e a preparação das equipes, encabeçada por Armando Nogueira. O Centro de Informações em Frankfurt, todo equipado com aparelhos telex (o avô dos portais de notícias da internet) e linhas telefônicas, foi o local escolhido para centralizar todo o esquema Global onde o o apresentador Léo Batista comandou 10 minutos de boletins diários exibidos no Jornal Nacional e Fantástico. Também fizeram parte da delegação Global o coordenador geral Luís Carlos Sá, o editor de texto Edson Ribeiro, um produtor e um intérprete para traduzir os termos em alemão para o português. O trio de cinegrafistas composto por Orlando Moreira, Reynaldo Cabrera e Carlos Cardoso puderam utilizar modernas filmadoras 16 mm da marca Payard-Bolex, com inédito recurso de fusão e captação de imagens a 300 quadros por segundos. Direto da Alemanha, os jogos tiveram a narração de Geraldo José de de Almeida e Rui Viotti e os comentários de João Saldanha e Milton Colen. Na equipe de retaguarda do Jardim Botânico, Rio de Janeiro, o narrador Luciano do Valle e o comentarista Ciro José puderam transmitir alguns jogos para não sobrecarregar a equipe Global na Alemanha. Nos intervalos de jogo, uma novidade foi adotada: a reapresentação dos principais lances do primeiro e segundo tempo em VTs editados.

Rede Tupi
Enviando uma delegação de oito pessoas, a Rede Associada fez questão de ficar bem próxima dos jogadores brasileiros hospedando sua equipe num pequeno hotel de Hoffenhein (a 94,5 km de Frankfurt), próximo a Floresta Negra, a 500 metros do topo de uma montanha, onde ficava o centro de treinamento Saint Blasien, de Herzogenhorn, em que a Seleção Brasileira estava justamente concentrada e alugou um operador de telex e três carros a sua disposição, apesar do forte frio que tiveram de enfrentar. Também se fez presente direto dos estádio em todas as transmissões ao vivo possíveis da competição, gastando Cr$ 19 mil somente em aluguel de cabine. O veterano José de Almeida Castro chefiou a delegação da Tupi e acumulou também a função de coordenador geral das transmissões, Hilário Marcelino foi o diretor geral da cobertura e o cinegrafista oficial, Eli Coimbra era o repórter especial que cobriu todos os passos da Seleção Brasileira, das reportagens às transmissões ao vivo, e uma cantora lírica desempenhou o papel de intérprete e assessora da equipe, Neomar de Kanel. Os jogos tiveram a narração de Walter Abrahão e Fernando Sasso e os comentários de Rui Porto e José Santana. Na equipe de retaguarda do Sumaré, tinha o coordenador técnico Ricardo Katar e o locutor José Góes, que narrava os VTs dos jogos que não eram exibidos ao vivo e apresentava o Tupi na Copa 74, um pré-programa diário da Copa do Mundo com 25 minutos de duração, exibido às 11h20, com entradas via-satélite de Frankfurt, mostrando dados sobre a competição, informações de bastidores, os treinos do Brasil, o lado sócio-turístico da Alemanha e entrevistas com jogadores, treinadores e dirigentes. Góes apresentava também o Boletim da Copa do Mundo, exibido dentro do telejornal Factorama com o balanço do dia sobre o torneio.

REI/Sibratel
A mais modesta de todas, era formada pelas emissoras paulistas Record, Bandeirantes, Gazeta e mais a TV Rio, coligando diversas emissoras independentes pelo país, recebeu o nome de Sistema Brasileiro de Televisão. Cada estação componente da cadeia foi previamente consultada para o rateio das despesas pela formação do pool e chefe de delegação foi o diretor Murilo Leite, da TV Bandeirantes, que coordenou a transmissão do Brasil mesmo. Com o pequeno volume de pessoas, sete enviados especiais, eles tiveram de se hospedar numa pensão em Frankfurt e dividir um único veículo para se deslocarem nos locais de treinos e partidas. As transmissões dos jogos iniciavam-se meia-hora antes com debates e comentários ao vivo conduzidos por Galvão Bueno, Sérgio Cunha e Alexandre Santos diretos dos estúdios do Morumbi. As transmissões diretas tiveram a narração de Peirão de Castro e Fernando Solera, comentários de Blota Jr. e Roberto Pétri e reportagens de Silvio Luiz e Chico de Assis. Outro enviado à Alemanha foi o cinegrafista Adão Macieira que registrou os treinos da Seleção Brasileira e os principais lances da competição. Diariamente, as emissoras do pool transmitiam em cadeia o boletim informativo No Mundo da Copa de 10 minutos de duração, exibido de segunda à sexta às 19h50, em dia de transmissão, e 21h00, quando não houvesse jogos.

Cultura
Graças a uma verba do Governo de São Paulo, garantiu também sua presença na cobertura da competição mesmo não enviando nenhum profissional à Alemanha, diluindo suas despesas. Sua equipe transmitiu os jogos nos próprios estúdios da emissora, localizados no bairro da Água Branca, em São Paulo, e teve a responsabilidade de comandar a Rede Nacional das Emissoras Educativas coligando as emissoras de Recife, Fortaleza, Natal, Porto Alegre, São Luiz do Maranhão e as retransmissoras de João Pessoa, Manaus e Vitória. As transmissões diretas contaram com a narração de Luiz Noriega e José Carlos Cicarelli e os vídeo-tapes com Carlos Eduardo Leite. O jornalista Orlando Duarte, que comentou os jogos pela Rádio Jovem Pan, foi o "correspondente" da equipe fazendo entradas diárias por telefone nos telejornais É Hora de Esporte e Hora da Notícia.


1978 - Argentina
O número de telespectadores no Brasil cresce ainda mais, agora são 14,8 milhões de receptores em todo o território nacional e cerca de 40 milhões de telespectadores. Para o Mundial na terra dos "hermanos", foi adotada uma grande novidade: a instalação de um moderno Centro Internacional de Imprensa para receber os jornalistas de todo o mundo, atendendo as necessidades das emissoras de TV em todo o mundo, possibilitando aluguel de equipamentos, de canal de satélite para a transmissão dos jogos ao vivo e um número maior de profissionais para agilizarem o envio de informações e imagens para vários países. Cada um dos seis estádios da competição estiveram equipados com cinco câmeras fixas e cinco microfones captando o som ambiente, da vibração da torcida aos toques de bola. E não foi apenas um, mas dois Centros de Imprensa, em Buenos Aires (Centro Cultural General San Martin) e Mar Del Plata (Centro Externo Boulevard Marítimo) contendo máquinas de teletipo adaptados em quatro idiomas (espanhol, francês, alemão e português) e todas as condições para que todos os jogos fossem acompanhados pela televisão. Os credenciados tinham prioridade em adquirir passagens através de reservas feitas no local em meios de transporte entre Buenos Aires e as sub-sedes da Copa e ainda aproveitarem uma série de vantagens como serviços de informações gerais, turismo, câmbio de moeda estrangeira, sala de estar e pontos de venda. Para os brasileiros, foram instalados centros de apoio nas cinco cidades-sede do torneio, em solicitação feita pelo Palácio do Itamaraty, através do presidente Ernesto Geisel. No Monumental de Nuñes, haviam 152 tribunas de imprensa para a transmissões dos jogos, no Estádio Jose Amalfitani eram 52 e nos outros quatro estádios (Córdoba, Mendoza, Rosário e Mar Del Plata) eram 76. Foram investidos um total de cerca de Cr$ 200 milhões pelas emissoras brasileiros e ainda acumularam 90 horas totais de programação sobre futebol, sendo 27 jogos ao vivo e 11 em vídeo-tape, cujas transmissões se iniciavam 15 minutos antes. Seis emissoras de televisão cobriram o Mundial: Globo, Tupi, Bandeirantes, Record, Gazeta e TVE/Cultura. Todas elas pagaram US$ 7 milhões de pelos direitos de transmissão à OTI (Organização das Televisões Ibero-Americanas) e mais US$ 152 mil pela exibição dos 38 jogos. As emissoras paulistas Cultura, Bandeirantes, Gazeta e Record adotaram uma novidade que vinha sendo testada em outras transmissões: a instalação de aparelhos televisores em pontos de grande concentração de pessoas em São Paulo (Rua 24 de Maio, Praça da Sé, Praça Ramos de Azevedo, Avenida Paulista e Vale do Anhangabaú) onde era instalada uma unidade de transmissão externa com duas câmeras focalizando as reações dos torcedores, gravadas e exibidas depois, além de entradas ao vivo antes, no intervalo e depois dos jogos. O artigo está sujeito a atualização porque faltam muitos detalhes para completar as informações à respeito da transmissão da Copa de 78 na TV brasileira:


Rede Globo
Foi a que mais investiu na cobertura do Mundial e os números impressionavam na época: US$ 1,2 milhão a EMBRATEL pelo canal exclusivo de satélite para o envio de matérias (sendo quatro horas diárias de uso), US$ 300 mil por um equipamento que converte o sistema PAL-B argentino para o PAL-M brasileiro, US$ 110 mil de diária liquida para os profissionais, US$ 7,2 milhões de custo total para estadia de cada profissional e US$ 20 mil para aluguel de transporte interno, caminhonetes de transmissão, linhas exclusivas de telefone e telex e viagens aéreas. Ao todo, convertendo os valores na moeda nacional, foram investidos Cr$ 25 milhões. Em nove horas diárias de programação sobre a Copa, a Globo enviou 73 profissionais à Argentina, distribuídos em grupos de acordo com as cinco cidades-sedes da competição, devidamente uniformizados (cada um tinha dois jogos de indumentárias com o logotipo Global feitos exclusivamente para a cobertura), sem contar outros 47 profissionais na equipe de retaguarda no Rio de Janeiro encabeçados pelo narrador Carlos Valladares e os comentaristas Celso Itiberê e Cláudio Mello Souza (que fizeram os tapes e entravam no ar em caso de problemas técnicos). Alpheu de Azevedo era o chefe de operações da transmissão do torneio e a narração direta dos jogos foi Luciano do Valle, Tércio de Lima e Fernando Vanucci, comentários de Sérgio Noronha, Ciro José e Pedro Luís Paoliello (ex-radialista das Copas de 58 a 70 que chefiava a Divisão de Esportes) e reportagens de Juarez Soares, José Hawilla, José Regal, Francisco José, Michel Lawrence, Maria Luíza e Hermano Henning. Embolsou Cr$ 217,5 milhões pelas quatro cotas publicitárias de patrocínio vendidas a Banespa, Cigarros Continental, Coca-Cola e Vasp e uma inédita cota para o top de 8 segundos para a General Motors do Brasil. Para a ocasião, montou uma programação especial com Boletim da Copa (em duas edições: 12h50 e 22h20, com 10 minutos de duração, com o noticiário sobre o Mundial), Globo na Copa (pré-jogo às 13h00, 16h05 e 18h35, com entrevistas, movimentação da torcida e a preparação das equipes antes de cada jogo), Quem é Quem (às 13h20, 16h20 e 18h50, com o perfil dos times e seus destaques antes de entrarem em campo) e Bate-Bola (às 23h00) debatendo os jogos da Copa com uma hora e meia de duração, com Armando Nogueira (que chefiou o jornalismo), Ruy Carlos Ostermann, Rubens Minelli, Óto Glória, Pelé e convidados, chegando a marcar 52% de audiência.
Slogan: "Copa do Mundo, Brasil na Rede Globo"



Rede Tupi
A última Copa da emissora pioneira que investiu de Cr$ 12 a 16 milhões para a cobertura. Levou uma equipe de 29 enviados especiais à Argentina sob o comando do diretor de operações Hilário Marcelino, do coordenador administrativo José de Oliveira Vaz, do diretor-geral adjunto Sérgio Marcondes e do coordenador geral José de Almeida Castro. A narração dos jogos foi de Walter Abrahão, Fernando Sasso e Batista Filho, comentários de Milton Colen, Ivo Amaral e Ataliba Guaritá Neto e reportagens de Eli Coimbra, Luís Carlos Alves e Ivan Mendes. Foram também à Argentina o editor de texto James Rúbio, o apresentador Paulo Saad e o comentarista Geraldo Bretas. Na equipe de retaguarda em São Paulo, o narrador José Góes e o comentarista Antônio Eurico fizeram os tapes dos jogos e entravam no ar em caso de problemas técnicos, além de apresentarem o informativo Boletim Argentina 78, exibido em duas edições: primeira edição ao meio-dia (com 10 minutos duração) e segunda edição às 21h25 (com duração de 5 minutos), sem contar uma edição de domingo às 22h45 com 15 minutos de duração e um boletim fixo no noticiário Grande Jornal Tupi. Alugou um canal exclusivo da EMBRATEL através do sistema de troncos que interligava Brasil e Argentina com direito a 20 minutos diários de emissão de matérias colhidas por três unidades móveis alugados para abastecer o Brasil Pool de Notícias com as informações sobre o torneio. Cada emissora da Rede Associada tinha seu próprio pré-jogo onde os comentaristas locais opinava sobre os competidores e mesmo assim, adquiriu por US$ 480 mil mini-documentários estrangeiros de 8 minutos sobre cada um dos 16 países participantes da competição, da geografia ao esquema tático. A Tupi vendeu quatro cotas publicitárias de patrocínio embolsando Cr$ 25 milhões anunciando uma marca de cigarros, uma montadora de veículos e uma caderneta de poupança. Este artigo está sujeita a atualização, pois muitas informações ainda faltam para serem completadas, as cotas de patrocínio é uma delas.
Slogan: "Rede Tupi, a Maior Torcida do Brasil"



Rede Bandeirantes
Por muito pouco, deixaria de transmitir a competição e cogitava uma programação especial com filmes e musicais, mas reconsiderou a decisão para zelar pela tradição esportiva herdada de sua emissora de rádio, então líder de audiência no segmento. Um pouco mais modesta, investiu de Cr$ 10 a 15 milhões para a transmissão, enviando cerca de 20 profissionais à Argentina, cuja equipe fora chefiada por Darcy Reis. A transmissão direta das partidas tiveram a narração de Fernando Solera, Galvão Bueno e Alexandre Santos, comentários de Márcio Guedes, Alberto Helena Jr. e Larry Pinto Faria e reportagens de Chico de Assis e Paulo Stein. Foi a primeira emissora a utilizar o recurso do pré-jogo (ou entre um jogo e outro, o "inter-jogo"), que não era um telejornal roteirizado seguindo o modelo Global, mas com a pretensão de prender a atenção do público com a expectativa dos jogos, reportagens externas, entrevistas de rua com torcedores, depoimentos dos jogadores, repercussão dos resultados, apresentação das equipes e os comentários propriamente ditos. Depois, dificilmente alguém mudaria de canal, esses eram os ingredientes do programa Perfil da Copa, que ia pro ar antes de cada transmissão, podiam ser dois ou três jogos. Mantendo o público no clima da competição, inseria diariamente durante a programação Um Gol de Copa, um mini-informativo que mostrava um gol histórico da história das Copas. Com direito de utilizar 15 minutos diários do canal exclusivo de troncos da EMBRATEL, colocou no ar dois telejornais diários temáticos de 15 minutos de duração cada um: No Mundo da Copa às 13h00, e Jornal da Copa, às 22h45, ambos comandados pelo chefe de jornalismo José Paulo de Andrade, direto da Argentina. Suas quatro cotas publicitárias de patrocínio foram vendidas por Cr$ 36 milhões, sendo duas nacionais (Banespa e Relógios Citizen) e duas locais (Nossa Caixa e Jumbo Eletro, em São Paulo), sem contar uma cota extra de Cr$ 4 milhões pelo anúncio da próxima atração, ou melhor, da "próxima partida" (Brastemp).
Slogan: "Bandeirantes, a Rede da Copa"

Rede Record
Com investimento de Cr$ 7 a 8 milhões, e o direito de utilizar 10 minutos por dia o canal exclusivo de troncos da EMBRATEL, liderou uma cadeia de emissoras independentes para a transmissão dos jogos: TVS do Rio de Janeiro, TV Alvorada de Brasília, TV Alterosa de Belo Horizonte, TV Industrial de Juiz de Fora, TV Cultura de Florianópolis, TV Guajará de Belém do Pará, TV Rio Preto e TV Baré de Manaus. A cobertura do Mundial se limitou às partidas, cujas transmissões iniciavam-se 15 minutos antes e encerravam-se 15 minutos depois. Em grande parte, quem bancou todo o esquema de transmissão foi a TV Baré, que mesmo integrante da Rede Tupi de Televisão, decidiu fazer a cobertura da competição por conta própria para levar ao vivo os jogos da Copa para grande parte da Região Norte do país, liderando a tal rede independente e a TV Record de São Paulo apoiou a empreitada e levou sua pequena delegação a se juntar com os profissionais do norte. Direto da Argentina, a narração dos jogos foi de Silvio Luiz, Milton Peruzzi e Dionísio da Ponte, comentários de Hélio Ansaldo e Hamilton Bastos e as reportagens de Flávio Prado. Nos antigos estúdios do Aeroporto, Braga Júnior narrava os tapes das outras partidas e ficava de plantão em caso de problemas técnicos. Junto com ele, dois convidados especiais analisavam as chances dos times participantes em mesas-redondas antes e depois das transmissões: o ex-jogador do Cruzeiro Roberto Perfumo e o treinador do Vèlez Sarsifield Carlo Cavagnaro. Na venda das quatro cotas publicitárias de patrocínio, embolsou Cr$ 32 milhões anunciando vitaminas, pilhas e depósitos bancários. Este artigo está sujeita a atualização, pois muitas informações ainda faltam para serem completadas, as cotas de patrocínio é uma delas.

TVE/Cultura
As emissoras educativas planejavam uma programação alternativa com com concertos, debates sobre filmes e peças de teatro, mas em 29 de maio, a TVE-RJ recebeu uma liberação especial de verba de Cr$ 3,2 milhões pelo MEC e desenvolve em parceria com a TV Cultura de São Paulo o Projeto SINTED (Sistema Nacional de Televisão Educativa) interligando simultaneamente 10 emissoras espalhadas pelo país (Recife, São Paulo, Natal, Fortaleza, Porto Alegre, Rio de Janeiro, João Pessoa, São Luís do Maranhão, Vitória e Manaus) anunciado como "Rede Nacional Educativa de Televisão - A Serviço da Cultura e da Informação", permitindo assim a transmissão ao vivo dos jogos do Mundial da Argentina. Quinze minutos antes do início dos jogos, exibia o programa Stadium Especial com a apresentação de Rosemary Araújo, mostrando de forma didática uma modalidade do esporte amador, aproveitando o interesse esportivo do grande público em época de Copa. Direto dos estúdios da Água Branca, a narração das partidas ficaram a cargo de Luiz Noriega, José Carlos Cicarelli, Wagner Luís e José Cunha. Nos intervalos das partidas, sob o comando de Carlos Eduardo Leite, o treinador de futebol Jorge Vieira analisava os lances das partidas. A ideia da tal Rede Educativa acabou não dando certo por haver divergências entre as emissoras, principalmente quanto aos horários das grades de programação.


TV Gazeta
Pouco se sabe sobre a transmissão da TV Gazeta de São Paulo na Copa do Mundo da Argentina, mas a emissora da Paulista transmitiu os jogos da competição sob o comando de Peirão de Castro e a opinião dos ex-treinadores argentinos Helenio Herrera e Ulisses Barrera como convidados especiais. Este artigo está sujeita a atualização, pois muitas informações ainda faltam para serem completadas. Se alguém tiver mais informações, curiosidades e detalhes sobre a transmissão da Copa do Mundo de 1978 na TV brasileira, deixe seu comentário ou me mande um e-mail (à direita desta página, clique no meu nome, acesse meu canal no G+ e clique em "Sobre").

1982 - Espanha
Pela primeira vez na história, um único canal de televisão do país teve a honra de ter a responsabilidade de emitir ao público brasileiro as imagens e as emoções dos jogos de uma Copa do Mundo. A Rede Globo conseguiu tal feito por causa da determinação da OTI. Em seu novo estatuto, a rede que transmitisse os Jogos Olímpicos a partir de 1980 teria o direito de exibir o Mundial da Espanha. As Olimpíadas de Moscou em 1980 não despertou interesse nas principais redes brasileiras por causa do boicote de 63 países comandado pelos Estados Unidos. O fim da TV Tupi também motivou o desinteresse brasileiro pelo evento e a TV Globo riu por último. Por cobrir com exclusividade a Olimpíada ganhou o direito de transmitir sozinha a Copa da Espanha e para isso montou em dois anos o maior esquema de transmissão jamais visto por um emissora de televisão em todo o mundo. Também no começo de 1982, a ABERT (Associação Brasileira das Emissoras de Rádio e Televisão) tentou em vão evitar que outras três redes associadas à OTI (Bandeirantes, Record e Sistema Brasileiro de Televisão) ficassem de fora do Mundial, através de uma conciliação de interesses para que suas respectivas audiências não registrassem índices insignificantes. Nesta conciliação, as três emissoras estariam dispostas a reproduzirem os patrocinadores da Globo e cada um deles teria mais um anunciante próprio, além de um canal de áudio para seus respectivos narradores e comentaristas, mas tudo isso não foi possível.


Com tal responsabilidade, a Globo não poupou esforços. Com investimento de US$ 14 milhões, sendo US$ 6 milhões pelos direitos de transmissão e US$ 8 milhões pelo esquema de cobertura, o diretor da Central Globo de Jornalismo e cronista esportivo Armando Nogueira preparou-se para conduzir uma grande batalha brasileira em terras espanholas, estando em frente de uma equipe de 150 enviados especiais, a maior equipe estrangeira de televisão para realizar tal feito. Firmou uma importante parceira com a EMBRATEL para poder emitir as imagens ao vivo da Copa em todos os estados brasileiras, algo inédito em toda a história, e ainda negociou o uso de um canal de transmissão via satélite para emitir suas próprias imagens durante as transmissões ao vivo das partidas, permitindo com que o público brasileiro tivesse um privilégio que nenhum telespectador de outro país teve, o de poder ver pela Câmera Globo detalhes exclusivos dentro e fora de campo, bastava a emissora interromper o sinal utilizado pelo pool da OTI e jogar no ar as imagens exclusivas de sua câmera, o que obrigou a EMBRATEL desembolsar US$ 700 mil. As imagens da câmera exclusiva, instalada em local adequado para uma ampla visão dos estádios, foram captadas por uma antena instalada no local da partida cujo sinal fora enviado direto do gramado e retransmitidos para os estúdios da Globo na Espanha para depois emiti-las para todo o Brasil. Tal conquista fez com que 880 canais de telefonia e telex do satélite Major da Intelsat, utilizado por 12 países, permanecessem bloqueados durante a duração do torneio.


Assim como em 1978, a delegação de 150 profissionais Globais trabalharam uniformizados, desta vez o figurino foi especialmente desenhado pelo costureiro Clodovil Hernandes, tudo com o logotipo estampado da emissora: dois ternos azuis-claro, duas camisas esporte, duas camisetas, uma camisa social, três camisas de manga longa, quatro pares de meias e um casaco preto. Desses 150 enviados especiais, 146 são homens e apenas quatro são mulheres: as coordenadoras de operação Ana Lúcia Deiró, Suely Machado de Souza, Tite Mesquita Brasil e a secretária datilógrafa Regina Giannini. Todos esses profissionais tiveram que passar por um check-up médico e dentário antes do embarque para a Espanha, eram monitorados por rádios portáteis (o avô dos smart-phones), receberam um manual de operações com 165 páginas onde tirava as dúvidas e orientava os envolvidos na transmissão (que teriam de saber o nome dos 17 estádios, 338 jogadores, ao menos 11 titulares e dois reservas de cada equipe, 24 treinadores, 14 árbitros e 27 auxiliares) e tiveram a vantagem de poder telefonar para a família gratuitamente no Setor Especial de Assistência com 30 linhas telefônicas à disposição deles. Cada uma dessas pessoas tiveram suas passagens, estadas e hospedagens bancados pela emissora e viajarão com  USS $ 1.000 no bolso cada um, podendo gastar esta quantia em alimentação, lavanderia, condução e extras de hotel, sendo assim receberão uma diária de US$ 90. A responsabilidade era tão grande que a equipe da Rede Globo teve o desafio de enviar para os brasileiros sete horas diárias de programação voltada para a Copa (transmissão de jogos, noticiários e debates), totalizando 168 horas de transmissão, equivalentes a uma semana ininterrupta com assuntos sobre o Mundial. Toda essa programação especial foi produzida direto da Espanha graças a ocupação de dois andares do novo prédio da televisão estatal espanhola, em Madrid, montando assim uma miniestação de TV (um andar foi ocupado pela redação jornalística e escritórios, enquanto que o outro andar abrigou toda a parte técnica), uma espécie de filial da Globo à cerca de 10 mil quilômetros de distância da sede localizada no bairro do Jardim Botânico, Rio de Janeiro.


Na moderna central geradora de operações foi mobilizando 60 engenheiros-técnicos (36 deles vindos da equipe de jornalismo), teve condições de gerar sua programação em um estúdio de 500 m² com cerca de 20 toneladas de equipamentos vindos do Brasil, contou com sistema multiplex que permitiu contato simultâneo de imagens entre Madrid e Rio, seis ilhas de edição, 13 unidades portáteis de vídeo-cassete e 14 câmeras Sony Betacam de última geração que estrearam justamente na abertura da Copa. Outro equipamento que estreou na Copa, ou melhor, posto em prática nos jogos do Brasil era um aparelho computadorizado que permite reproduzir com perfeição a assinatura dos seus jogadores. Quando um jogador marcar seu gol, seu autógrafo era impresso na tela como se ele assinasse embaixo o gol que acabara de fazer. A Rede Globo também foi a única emissora do mundo a ter equipes de reportagem presente nas 14 cidades-sede do Mundial (Alicante, Barcelona, Bilbao, Elche, Gijón, La Coruña, Málaga, Madrid, Oviedo, Sevilla, Valladolid, Valencia, Vigo e Zaragoza), contando com o apoio técnico de 30 auxiliares espanhóis recrutados pela emissora brasileira. Para a cobertura da Seleção Brasileira um tratamento todo especial será dado, os repórteres Juarez Soares e Ricardo Pereira fizeram a cobertura exclusiva e diária do dia-a-dia dos jogadores brasileiros e para isso instalou uma unidade de transmissão externa na porta do Parador Carmona, a 32 quilômetros de Sevilla, de onde a equipe brasileira estava concentrada, permitindo flashes ao vivo durante a programação e antes e depois dos jogos. Entre outros repórteres integrantes da equipe estavam Mário Jorge Guimarães, Ernesto Paglia, Francisco José, Hermano Henning, Roberto Cabrini, Lucas Mendes, Reginaldo Leme, Raul Quadros, Ricardo Menezes, Paulo Alceu, Carlos Nascimento e Pedro Rogério. De cada uma das cidades-sede, foram enviadas imagens para o estúdio de Madrid e que foram repassados totalmente editados para o Rio de Janeiro, transmitindo para todo o Brasil. Armando Nogueira não esteve sozinho para comandar a maior cobertura da Globo em Copas, contou com as presenças de Woile Guimarães (diretor de telejornais), Leonardo Gryner (diretor de eventos e coordenador geral), Michel Lawrence (editor-chefe) e Ciro José (diretor de esportes).


Como a Rede Globo tornou-se a única emissora brasileira em poder mostrar as imagens da Copa do Mundo em todo o país, várias agências de publicidade, representadas por diversas empresas e anunciantes, travaram outra grande disputa, pelo espaço de patrocínio. Depois de longas negociações e estudos de propostas de empresas como Laboratórios Dorsay, Gessy-Lever, Grupo Pão de Açúcar, Kolynos-Anakol, Cigarros Philip Morris e Goodyear, a Rede Globo acertou seus contratos de publicidade com Volkswagen, Coca-Cola, Companhia Souza Cruz e São Paulo Alpargatas. Cada uma delas pagou USS $ 6 milhões para ter seus produtos estampados nas chamadas, vinhetas, intervalos e textos-foguete durante as transmissões das partidas e o resultado foi a exibição de precisos 8.504 inserções durante o evento. Além disso, conseguiu mais US$ 1,5 milhão da empresa Gillette pela vinheta do top de oito segundos antes da ligação Rio-Madrid. Ao todo, a emissora embolsou US$ 25,5 milhões em publicidade. No final das contas, consegue um lucro de Cr$ 2,2 bilhões.




Como foi dito anteriormente, a parceria com a EMBRATEL permitiu que a Rede Globo transmitisse ao vivo as partidas da Copa do Mundo em todas as cinco regiões brasileiras. Ao todo foram 20 mil quilômetros de microondas interligando Espanha (emissora) e Brasil (receptora). As imagens transmitidas do terminal espanhol eram enviadas pelo satélite Intelsat IV e recebidas por estações terminais da Amazônia e esse mesmo sinal era emitido à Estação Terrena de Tanguá, que depois enviava ao Centro de Televisão da EMBRATEL no Rio de Janeiro que por sua vez retransmitia as imagens pela Rede Globo, formando assim a Rede Nacional de Telecomunicações, alcançando 18 milhões de televisores para 80 milhões de telespectadores. Finalmente, a Globo espalhava as imagens da Copa para suas 42 emissoras localizadas em 3.505 municípios de 22 estados brasileiros, possuindo assim 90% de alcance nacional. No caso de alguma falha técnica ocorresse durante a transmissão de um jogo, o locutor de plantão Oliveira Andrade entrava no ar até o restabelecimento do sinal e ficava em stand-by nos estúdios do Jardim Botânico, Rio de Janeiro, durante toda a competição. Com esse audacioso planejamento, a audiência nacional diária foi de 65 milhões de telespectadores, equivalente a uma média de 85%.



A Rede Globo programou a exibição de todas as 52 partidas do Mundial, sendo 41 ao vivo e 11 compactos em vídeo-tape. As transmissões dos jogos começavam 10 minutos antes e terminavam 5 minutos depois. Os jogos aconteceram diariamente, pelo horário de Brasília, às 12h15 e às 16h00. Apesar de ter a exclusividade total da Copa do Mundo, a emissora oficializou um ano antes que iria oferecer o sinal das transmissões ao vivo, simultaneamente e gratuitamente, à Rede de Emissoras Educativas, liderada pela TV Cultura de São Paulo e TV Educativa do Rio de Janeiro, que tiveram como única incumbência em colocar uma tarja para cobrir os anúncios da Globo, pois como se trata de uma coligação de 21 emissoras públicas e educativas, não pode anunciar por determinação dos Governos Estaduais.


O grande desfalque da equipe Global foi o ex-jogador Gérson. Contratado pela emissora desde fevereiro de 1981, o tricampeão mundial de 70 seria presença confirmada nas transmissões dos jogos do Brasil a não ser pelo seu único defeito: falar demais (justificando o apelido de "papagaio"). Demitido no final de março por Armando Nogueira, o comentarista utilizava uma linguagem descontraída, o que ia de encontro com o "Padrão Globo de Qualidade", não gostava de criticar jogadores, mas chegou a falar durante um minuto seguido durante uma transmissão com a bola em jogo, o que despertou inimizades dentro da Divisão de Esportes da emissora. Caso contrário, poderia acontecer algo inusitado: a única exigência no contrato de Gérson era de que ele não podia viajar de avião (ele tem medo de avião e acompanhava os jogos fora do eixo Rio-São Paulo nos estúdios do Jardim Botânico sentado numa poltrona) e poderia ter embarcado para a Espanha de navio.


As transmissões das partidas tiveram a narração de Luciano do Valle, Galvão Bueno e Carlos Valladares e os comentários de Márcio Guedes, Sérgio Noronha e José Maria de Aquino. Eles tiveram que percorrer uma cidade diferente a cada 24 horas, sendo 580 quilômetros por dia e 7.600 quilômetros em 13 dias. Os compactos dos 11 jogos eram exibidos por volta de 23h00 e em dias de jogo do Brasil, era apresentado um compacto de uma hora de duração da partida da Seleção Brasileira, sempre às 22h15. Luciano e Galvão narraram 20 jogos cada um, enquanto que Valladares transmitiu 12 partidas. Os apresentadores Léo Batista e Fernando Vanucci estiveram nos estúdios de Madrid acompanhando os jogos e se revezando no comando dos principais programas dedicados ao Mundial de Futebol da Espanha. Em virtude da cobertura da Copa do Mundo, a Rede Globo temporariamente, durante a duração da competição, deixou de apresentar Globo Esporte e Os Gols do Fantástico. Mesmo assim, apresentou uma programação especial alusiva à Copa:


* Os Bem Sucedidos, diariamente durante a programação: Boletim diário de dois minutos que contava a história de grandes jogadores e grandes equipes que marcaram presença em toda a história das Copas

* Globinho na Copa, de segunda à sexta às 11h25: Atração voltada para o público infantil onde Paula Saldanha apresentava desenhos animados de Naranjito, mascote oficial da Copa, filmes de Mundiais passados e ensinava as crianças como são as regras básicas do futebol

* Globo na Copa, diariamente às 11h40 e às 15h25: Antes das transmissões diretas, os flashes ao vivo e as últimas informações das equipes que entrariam em campo, além dos preparativos da torcida, todo o clima emocional, movimentação nas cidades e entrevistas com torcedores, treinadores, jogadores, críticos e dirigentes, dividido em dois blocos (um deles feito no Brasil)

* Quem é Quem, diariamente às 11h55 e às 15h40: Também antes das transmissões ao vivo com a apresentação dos times, retrospecto em Copas, características, imagens de jogos anteriores e os principais destaques, entre técnicos e jogadores, que se enfrentariam dali a instantes em dois blocos de quatro minutos

* Jornal Hoje, de segunda à sábado às 14h00, Jornal Nacional, de segunda à sábado às 19h45, e Fantástico, aos domingos às 20h00: Um bloco especial apresentado direto de Madrid com um painel diário do torneio, enfatizando o Brasil e seus adversários, gols e resultados, a situação dos grupos, os treinos dos cabeças-de-chave, depoimentos e reportagens exclusivas

* Minuto da Copa, de segunda à sábado às 22h10: Apresentava o perfil dos principais personagens da competição e das cidades-sedes do torneio

* Bate Bola, em dias de jogo do Brasil e no encerramento de cada fase às 23h15: Apresentado por Armando Nogueira, com uma hora e meia de duração, gravado previamente após as partidas, o debate repercutia os resultados dos jogos do Brasil, com a participação dos comentaristas da emissora e quatro convidados especiais por programa: Orlando Duarte (representando a Rede Educativa), Ruy Ostermann (representando a TV Gaúcha) e Pelé, além de treinadores e personalidades ligados ao futebol como Carlos Alberto Torres, Óto Glória, César Luís Menotti e Ferenc Puskas

* Esporte Espetacular, aos sábados às 10h40: Uma revista completa com as melhores imagens da Copa e seus principais destaques durante a semana


Apesar de retransmitir som e imagem da Globo nos jogos da Copa da Espanha, as emissoras educativas tinham suas próprias atrações. A TVE-RJ mandou seis pessoas à Espanha para cobrir os treinos da Seleção Brasileira e as análises de praxe dos jogos: o diretor de esportes Dival Santos, o cinegrafista Amaury Paulino, os repórteres José Luiz Furtado e Achilles Chirol e os comentaristas José Ignácio Werneck e Luís Mendes. Na equipe de retaguarda, o diretor Nelson Perez, o chefe do departamento de produções didáticas Reynaldo Boury, os chefes de reportagem Djalma Batista e Paulino Senra, o editor de imagens Tadeu Conde, o operador de vídeo-tape Marcos Amaral e o assistente de produção Franco Belfiore. As transmissões dos jogos do Brasil eram acompanhadas pelo prefixo musical Bola pra Frente de Alberto Luiz e Amélia Meirelles (uma versão "atualizada de Corrente 78), gravada pelo conjunto Terra de Santa Cruz, formado pelos irmãos Otacílio, Julinho e Edinho e o primo Francis. Diariamente, colocava no ar 10 boletins informativos de 5 minutos de duração das 8h30 às 21h00 intitulado TVE na Copa 82 comandado por Januário de Oliveira com uma panorâmica dos acontecimentos e manifestações populares relativas à Copa com flashes e reportagens feitos no Brasil e direto da Espanha. Antes dos jogos, exibia Os Países da Copa do Mundo com 3 minutos de duração, em que Márcio Martins mostrava, com material cedido pelas embaixadas estrangeiras, os aspectos históricos, sócio-culturais, geográficos e econômicos das equipes que iriam se enfrentar, além de retrospectos, confrontos e outras informações. Às 21 horas entrava no ar com o noticiário Esporte Hoje na Copa, apresentado por Eliakim Araújo e após os jogos do Brasil, uma tradicional mesa-redonda debatendo a atuação da Seleção Brasileira numa edição especial do TVE na Copa 82 comandado por Luiz Orlando, Celso Itiberê e Gérson, além de receber convidados especiais. Pelo fato de liderar uma cadeia de nove emissoras do SINTED, apresentava nos intervalos das partidas, vídeos institucionais de um minuto mostrando o funcionamento de telepostos e atividades em geral de cada estação de teleducação.


Já a TV Cultura de São Paulo, que na época era divulgada como RTC, tinha sua própria programação esportiva e se restringia com seus carro-chefes É Hora de Esporte, Esporte Opinião, Esporte Visão e Domingo Esportivo, mas fazia questão de colocar um pré-jogo meia-hora antes das partidas e um pós-jogo intitulado RTC na Copa, em que Luiz Noriega, José Carlos Cicarelli e João Zanforlin faziam seus comentários nos próprios estúdios da emissora.


Quem desafiou a exclusividade Global na luta pela audiência  fazendo uma promoção agressiva para tal foi a TV Record. Seu interesse foi mais no "áudio" da TV do que no rádio especificamente e por isso transmitiu as partidas através das suas emissoras de rádio AM e FM. Investiu Cr$ 210 milhões, dos quais Cr$ 750 mil eram pelos direitos de transmissão, e mais um aluguel de canal de satélite aberto 24 horas por dia, as transmissões radiofônicas passaram a seguir o padrão da televisão e criou-se o slogan: "Na Copa, abaixe o som da TV, aumente o volume do rádio e ouça com o coração... na Record". Da equipe de 16 profissionais deslocadas para a Espanha, oito eram da televisão: o narrador Silvio Luiz, os comentaristas Pedro Luiz, Álvaro Paes Leme e Alberto Helena Jr., o repórter Flávio Prado, o apresentador Ronny Hien, o coordenador geral Rui Viotti e o cinegrafista Cid Sandoval. Inseriu três edições diárias do Boletim da Copa às 11h55, 18h50 e 19h45, o informativo histórico Almanaque da Copa, o semanal Nossa Copa e mesas-redondas especiais em dias de jogo do Brasil com a equipe de retaguarda composta por Tércio de Lima, Milton Peruzzi, José Luiz Meneghatti, Moacir Japiassu, Juca Kfouri, Blota Jr., Luiz Alfredo e Eli Coimbra. A empreitada deu certo a ponto da Record liderar a audiência no rádio nos jogos do Brasil.




A TV Gazeta de São Paulo não ficou indiferente ao Mundial e montou uma programação bem interessante. Mandou uma equipe de 10 pessoas, comandada pelos locutores José Italiano e Peirão de Castro e os produtores Carlito Adesi e Edson França, que ficou encarregada de enviar material diário da Espanha sobre a competição. Das 14 às 22 horas, teve seis entradas do Boletim da Espanha com áudio direto da Espanha e duração de dois a cinco minutos. Havia também o Hora da Copa, um programa diário enviado em VT, que ia ao ar das 18h30 às 19h30, com informações de bastidores e comentários de jogos da competição. Confiando na vitória do time brasileiro, transmitia ao vivo, a partir das 18 horas, a festa que promovia para os torcedores na Avenida Paulista em frente ao Edifício Gazeta. A folia só era "interrompida" meia-hora depois para a exibição de Hora da Copa, mas logo continuava a mostrar a festa brasileira com mais dois flashes ao vivo, até às 22h30, dependendo do resultado (exceto quando o Brasil perdeu pra Itália, é claro).

E fiquem ligados no blog ÊHMB De Olho na TV para conhecer mais um pouco as história das Copas na TV brasileira. Em breve, a terceira parte contando a transmissão das Copas de 86 a 98.

terça-feira, 27 de março de 2018

PROGRAMAÇÃO ANTIGA: 27 de Março de 1990

No blog ÊHMB De Olho Na TV, vejam agora o que as emissoras de televisão de São Paulo estavam exibindo no dia 27 de março de 1990, uma terça-feira, há exatos 28 anos! Confiram!


TV Cultura (Canal 2)
08h45 – Telecurso 2º Grau
09h00 – Rá-Tim-Bum
09h30 – Bambalalão
10h30 – Revistinha
11h30 – Papai Sabe Tudo
12h00 – Hora do Esporte
12h40 – Repórter Cultura
13h00 – Minissérie: Kessler (reprise)
14h00 – Vestibulando
15h00 – Rá-Tim-Bum
15h30 – Bambalalão
16h30 – Os Bichos
17h30 – Papai Sabe Tudo
18h00 – Revistinha
19h00 – Rá-Tim-Bum
19h30 – In Italiano
20h00 – Jornal da Cultura
20h30 – Minissérie: Os Miseráveis – 1º Capítulo
21h30 – Série Cultural: Origens
22h30 – Metrópolis
23h00 – Jornal da Cultura
23h10 – O Papo
24h10 – Primeiro Movimento



SBT (Canal 4)
06h45 – Qualificação Profissional
07h15 – TJ Manhã
07h30 – A Copa das Copas
07h32 – Show da Simony
08h30 – Bozo
10h30 – Dó, Ré, Mi, Fá, Sol, Lá, Si com Mariane
12h57 – A Caminho da Copa
13h00 – Chapolin
13h30 – Oradukapeta
16h00 – Show Maravilha
18h00 – Chaves
18h30 – TJ São Paulo
18h55 – A Copa das Copas
18h57 – Economia Popular – Pergunte ao Tamer
19h00 – TJ Brasil
19h40 – Cortina de Vidro
20h30 – Um Homem de Outro Planeta
21h30 – Programa Hebe
23h27 – A Caminho da Copa
23h30 – Jô Soares Onze e Meia
24h28 – A Copa das Copas
24h30 – TJ Noite
01h00 – Perfil Especial: Fórmula 1



Rede Globo (Canal 5)
06h45 – Telecurso 2º Grau
07h00 – Bom Dia Brasil
07h30 – Bom Dia São Paulo
08h00 – Xou da Xuxa
13h00 – Globo Esporte
13h07 – Momento da Copa
13h10 – Jornal Hoje
13h30 – Festival 25 Anos: Teletema
14h25 – Vale a Pena de Novo: Pão Pão, Beijo Beijo
15h20 – Sessão da Tarde: “O Campeão”
17h20 – Sessão Aventura - Minha Querida Bruxa: Ouço os Sinos do Casamento
17h50 – Gente Fina
18h45 – Top Model
19h45 – SPTV
20h00 – Jornal Nacional
20h30 – Momento da Copa
20h33 – Tieta
21h30 – Delegacia de Mulheres: Um Dia a Casa Cai (estreia)
22h30 – Globo Repórter: Plano Brasil Novo e Morte de Zacarias
23h25 – Jornal da Globo
23h55 – Campeões de Bilheteria: “A Vida Como Ela É“



TV Record (Canal 7)
06h30 – Igreja Internacional da Graça de Deus
07h55 – O Despertar da Fé
08h25 – Luz Para o Caminho
08h30 – Programa Ferreira Neto Especial
09h30 – Legião da Boa Vontade
09h35 – Nova Mulher
11h42 – O Despertar da Fé
11h45 – Revista Rural
12h00 – Record em Notícias
12h55 – Programa Fernando Silveira
13h00 – Destaques
14h00 – Pintando o Sete
16h00 – Nova Mulher
18h00 – Jornal da Record
20h00 – Natureza
20h30 – Duro na Queda
21h30 – Top Movie: “A Glória de Um Destino”
23h30 – Record Economia
23h35 – Programa Ferreira Neto


Rede Manchete (Canal 9)
06h45 – Programação Educativa
07h00 – Jornal Local
07h30 – Brasília Sete e Meia
08h00 – Cometa Alegria (com Manchete Economia a cada 15 minutos)
11h55 – A Itália de Falcão
12h00 – Manchete Esportiva – 1º Tempo
12h25 – Boletim da Copa
12h30 – Jornal da Manchete – Edição da Tarde
13h00 – Carmem
14h00 – Mulher 90
16h00 – Clube da Criança
19h25 – Feras da Copa
19h30 – Jornal Local
19h50 – A Itália de Falcão
20h00 – Manchete Esportiva – 2º Tempo
20h25 – Momento Econômico
20h30 – Jornal da Manchete
21h30 – Pantanal (estreia)
22h25 – Boletim da Copa
22h30 – Fronteiras do Desconhecido: Adelino, Débito Aliviado
23h30 – Jornal da Manchete – Segunda Edição
24h10 – A Itália de Falcão
24h20 – Jornal Local
24h30 – Esporte e Ação



TV Gazeta (Canal 11)
10h00 – 360 Graus: Turquia
10h30 – Antártida
11h00 – Clip Trip
12h00 – Momento do Esporte
12h45 – Mix News
13h00 – Variedades Francesas
13h25 – Boa Vontade
13h30 – Forno, Fogão e Cia.
14h00 – Mulheres em Desfile
16h55 – Mix News
17h00 – TV Aventura: Cavalo de Ferro
18h00 – Clip Trip
19h00 – TV Mix
20h30 – Baleia Verde
21h30 – Caminhos da Arte: Arpúlia
22h00 – Dinheiro Vivo
22h30 – Guia da Empresa
22h35 – Vamos Sair da Crise
24h30 – Turfe na TV
01h40 – Circuito Night and Day
02h10 – Programa Boa Vontade


Rede Bandeirantes (Canal 13)
06h25 – Agricultura Hoje
06h30 – A Hora da Graça
07h00 – Jeannie é um Gênio
07h30 – A Feiticeira
08h00 – Dia Dia
09h45 – Cozinha Maravilhosa da Ofélia
10h15 – Os Imigrantes
11h00 – Rituais da Vida
11h55 – Boa Vontade
12h00 – Acontece
12h30 – Esporte Total
13h30 – Flash (reprise)
14h30 – Videomix
15h00 – TV Criança
17h00 – Canal Livre
19h00 – Jornal de São Paulo
19h20 – Agrojornal
19h30 – Jornal Bandeirantes
20h30 – Google V
21h00 – Machine Man
21h30 – Capitão Power
22h00 – Hollywood Rock In Concert: The Who
23h30 – Jornal da Noite
24h00 – Flash

domingo, 25 de março de 2018

PROGRAMAÇÃO ANTIGA: 25 de Março de 2004

No blog ÊHMB De Olho Na TV, vejam agora o que as emissoras de televisão de Porto Alegre estavam exibindo no dia 25 de março de 2004, uma quinta-feira, há exatos 14 anos! Confiram!



TV Guaíba (Canal 2)
10h30 - Guaíba Documenta
11h00 - Sessão Série
12h00 - Atividade
13h15 - Guaíba Documenta
13h45 - Rosaura Fraga.com
14h30 - Matinê Dois
16h25 - Palavra de Mulher
18h25 - Atualidades Alemãs
18h45 - Motorshow
19h00 - Flávio Alcaraz Gomes e os Guerrilheiros da Notícia
20h00 - Dois Toques
20h30 - Horário Político: PC do B
20h40 - Gauchão 2004: Pelotas x Ulbra (ao vivo)
22h30 - Câmera Dois
24h00 - Zoom
24h30 - Gauchão 2004: Pelotas x Ulbra (VT completo)
02h00 - Sessão Série
03h00 - Encerramento


TV Pampa (Canal 4)
05h30 - Pare de Sofrer
06h15 - Ponto de Luz
07h15 - Causas Impossíveis
07h45 - Fala Brasil
09h30 - Note & Anote
11h45 - Esporte Record
12h00 - Pampa Meio-Dia
13h00 - Virando a Mesa
14h00 - Malcom
14h20 - Caçadora de Relíquias
15h00 - Eliana na Fábrica Maluca
17h00 - Clube do Terror
17h30 - Cidade Alerta
19h00 - Pampa Boa Noite
19h30 - Jornal da Record
20h15 - Metamorphoses (Horário Político do PC do B às 20h30)
21h00 - Repórter Record
22h00 - Cine Record Visa: "Segredos do Poder"
24h00 - Edição de Notícias
24h30 - Espaço Empresarial
01h30 - Programação IURD



SBT (Canal 5)
06h00 - Jornal do SBT
06h30 - SBT Rural
07h00 - Sessão Desenho
08h00 - A hora Warner
09h00 - Bom Dia e Cia.
12h15 - Festolândia
12h30 - SBT Rio Grande
13h00 - Três é Demais
13h30 - Marimar
14h00 - Amor Real
14h45 - Cinema em Casa: "Doug, o Filme"
16h30 - Fascinação
17h15 - Dose Dupla
17h45 - Smallville - As Aventurasd do Superboy
18h30 - Menina, Amada Minha
19h30 - Poucas, Poucas Pulgas
20h00 - Roda a Roda
20h30 - Horário Político: PC do B
20h40 - A Outra
21h30 - Programa do Ratinho
22h30 - Quinta no Cinema: "Missão Marte"
24h50 - Jornal do SBT
01h20 - Séries Premiadas: Centro Médico
02h15 - Fim de Noite I: "Viagem Pelo Perigo"
03h50 - Fim de Noite II: "Spitfire Grill, o Recomeço"


TVE-RS (Canal 7)
07h00 - Vestibulando Digital
08h00 - Saúde Brasil
08h28 - Porteira Aberta
08h30 - Gema Brasil
09h00 - O Século das Mulheres no Brasil
09h30 - De Onde Vem?
09h45 - Pandorga
10h00 - O Gato Zap
10h30 - Teletubbies
11h00 - 1, 2, 3... e Já!
11h30 - Rá-Tim-Bum
12h00 - Jornal da TVE - 1 Edição
12h28 - Porteira Aberta
12h30 - Estação Cultura
13h00 - Castelo Rá-Tim-Bum
13h30 - Pandorga
13h45 - De Onde Vem?
14h00 - Ilha Rá-Tim-Bum
14h30 - Turma do Pererê
15h00 - Castelo Rá-Tim-Bum
15h30 - O Pequeno Urso
16h00 - Sem Censura
18h00 - Radar
18h45 - Gema Brasil
19h15 - Cidadania Ao Vivo
19h58 - Porteira Aberta
20h00 - National Geographic (Horário Político do PC do B às 20h30)
21h00 - Jornal da Cultura
21h40 - Jornal da TVE - 2 Edição
22h00 - TV Cine
22h30 - Frente a Frente
23h30 - A Vida é um Show
24h00 - Contos da Meia-Noite
24h15 - Palcos da Vida
01h10 - Hip-Hop Sul
02h15 - Jornal Eletrônico


Rede Bandeirantes (Canal 10)
05h00 - Igreja da Graça no Lar
07h00 - Casos Reais
08h30 - Dia Dia
11h45 - Esporte Total
12h30 - Toque de Bola
13h00 - Lado a Lado com Maria do Carmo
14h00 - Casos Reais
15h00 - Melhor da Tarde
16h00 - Olhos d'Água
17h00 - Melhor da Tarde
17h30 - Brasil Urgente
19h00 - Band Cidade
19h30 - Jornal da Band
20h15 - Esporte Total (Horário Político do PC do B às 20h30)
20h50 - Show da Fé
21h55 - G4 Brasil Drops
22h00 - Boa Noite Brasil
24h00 - Jornal da Noite
24h30 - A Noite é uma Criança
01h30 - Programa LBV
02h00 - Encerramento


RBS TV (Canal 12)
05h30 - Telecurso 2000
06h15 - Globo Rural
06h30 - Bom Dia Rio Grande
07h15 - Bom Dia Brasil
08h05 - Mais Você
09h20 - Xuxa no Mundo da Imaginação
10h10 - TV Globinho
12h00 - Jornal do Almoço
12h45 - Globo Esporte
13h15 - Jornal Hoje
13h45 - Vídeo Show
14h30 - Vale a Pena Ver de Novo: Corpo Dourado
15h30 - Sessão da Tarde: "Um Salto Para a Felicidade"
17h30 - Malhação
18h00 - Chocolate com Pimenta
18h45 - RBS Notícias
19h05 - Da Cor do Pecado
20h15 - Jornal Nacional (Horário Político do PC do B às 20h30)
21h05 - Celebridade
22h10 - Big Brother Brasil
23h00 - Um Só Coração
23h50 - Jornal da Globo
00h25 - Programa do Jô
01h50 - Big Brother Brasil - Flash
01h55 - Intercine
03h50 - Corujão: "Cry Baby"

sábado, 24 de março de 2018

PROGRAMAÇÃO ANTIGA: 24 de Março de 1991

No blog ÊHMB De Olho Na TV, vejam agora o que as emissoras de televisão de São Paulo estavam exibindo no dia 24 de março de 1991, um domingo, há exatos 27 anos! Confiram!



TV Cultura (Canal 2)
08h00 - Missa de Aparecida
09h00 - Viola, Minha Viola
10h00 - A Cidade Faz o Show: Araras
11h00 - Futebol Juvenil: São Paulo x Ponte Preta (VT completo)
13h00 - Primeiro Movimento
14h00 - Um Animal Chamado Homem
15h00 - Cine Cultura: "O Modelo e a Casamenteira"
17h00 - Matéria Prima
18h00 - Planeta Terra: Okavango
19h00 - Som Pop
20h00 - Vitória
21h00 - Jazz Brasil: Victor Biglione e Marcos Ariel
22h00 - Jornal de Domingo
22h15 - Futebol Compacto: Corinthians x Atlético-PR
23h00 - Cine Brasil: "A Difícil Viagem"


SBT (Canal 4)
07h30 - Educativo
08h00 - Clube Irmão Caminhoneiro
08h30 - Show de Notícias
09h00 - Cine Disney
10h00 - Ursinho Puff
10h30 - Chaves
11h00 - Programa Silvio Santos: Qual é a Música?
12h30 - Programa Silvio Santos: Passa ou Repassa
13h30 - Programa Silvio Santos: TV Animal
14h30 - Programa Silvio Santos: Roletrando
15h30 - Programa Silvio Santos: Show de Prêmios
17h30 - Programa Silvio Santos: Corrida Maluca
19h00 - Programa Silvio Santos: Porta da Esperança
20h00 - Programa Silvio Santos: Show de Calouros
22h00 - Sessão das Dez: "Loucademia de Polícia"
24h00 - Reprise da Sessão das Dez



Rede Globo (Canal 5)
06h50 - Santa Missa em seu Lar
07h40 - Globo Ecologia
08h00 - Globo Rural
09h00 - Lassie
09h30 - Tal Pai, Tal Filho
10h00 - Herói Por Acaso
10h25 - Anjos da Lei
11h15 - Alf, o Éteimoso
11h45 - Disneylândia
12h20 - Mundial de Fórmula 1 - Pré-Programa
13h00 - Grande Prêmio Brasil de Fórmula 1 (ao vivo de Interlagos)
14h50 - Domingão do Faustão
19h00 - Os Trapalhões
20h00 - Fantástico
22h00 - Os Gols do Fantástico
22h20 - Esporte Espetacular
23h15 - Domingo Maior: "Laços de Ternura"



Rede Record (Canal 7)
06h30 - O Despertar da Fé
07h30 - Sessão de Desenhos
08h00 - Cooperação
09h00 - Canta Viola
10h00 - Brasil Rural
11h00 - Desafio ao Galo
13h00 - Záccaro
14h00 - Cine Record I: "Primeira Vitória"
16h45 - Boxe Internacional: Desafio Brasil x Argentina
19h00 - Super Esporte
20h00 - Cine Record II: "Plenty, o Mundo de uma Mulher"
22h00 - Cine Record III: "Assassinato de Verão"
24h00 - Negócios e Novidades
01h00 - Palavras de Vida



Rede Manchete (Canal 9)
07h30 - Programação Educativa
08h00 - Cometa Alegria
10h00 - Estação Ciência
10h30 - Manchete Rural
11h30 - Sessão Animada
12h30 - O Mundo dos Esportes
13h00 - Esporte e Ação
14h00 - Esportíssimo
16h00 - Acredite Se Quiser
17h00 - Almir Sater Especial
18h00 - Domingo no Cinema: "Hotel de Luxo"
20h00 - Programa de Domingo
21h30 - Jornal da Manchete - Edição de Domingo
22h00 - Show de Gols
22h15 - Grid de Largada
22h20 - Free Jazz In Concert: Diana Scchuut and The Count Basie Orchestra
23h15 - Toque de Bola


TV Gazeta (Canal 11)
09h30 - Um Pouco de Sol
09h45 - Programa Boa Vontade
10h15 - Fé Para Hoje
10h30 - TV Turismo
11h00 - Feira Livre do Automóvel
12h00 - Automóbile
12h30 - Pilotando o Fogão
13h00 - Japan Pop Starge
16h00 - Mosaico
17h00 - Big Stars: Bananarama e Bangles
18h00 - Cine Gazeta I: "Capitão Simbad"
20h00 - Cine Gazeta II: "Encontros e Desencontros"
22h00 - Mesa Redonda Futebol Debate



Rede Bandeirantes (Canal 13)
06h15 - Igreja da Graça (SP) / A Hora da Graça (RJ)
07h15 - Programa Jimmy Swaggart (SP) / Seleções Portuguesas - O Show da Malta (RJ)
08h15 - Anunciamos Jesus
08h45 - Cada Dia (SP) / Primeiro Plano (RJ)
09h00 - Imagens do Japão (SP) / Show de Turismo (RJ)
10h00 - Show do Esporte: Abertura e Escalada
10h10 - Show do Esporte: Gols do Campeonato Brasileiro: Palmeiras x Atlético-MG, São Paulo x Grêmio e Botafogo x Santos
11h00 - Show do Esporte - Campeonato Italiano: Inter de Milão x Milan (ao vivo)
13h00 - Show do Esporte: Esportes Radicais
13h30 - Show do Esporte: Fórmula Indy
14h00 - Show do Esporte: Boxe Internacional
15h00 - Show do Esporte - Liga Nacional de Vôlei Masculino: Pirelli x Frangosul (ao vivo)
17h00 - Show do Esporte - Liga Nacional de Basquete Masculino: Ravelli x Rio Claro (ao vivo)
19h00 - Show do Esporte - Compacto do Campeonato Brasileiro: Flamengo x Vasco e Corinthians x Atlético-PR
19h55 - Show do Esporte: Resumo do Dia
20h00 - Cinemax: "Força Mística"
22h00 - Cara a Cara: Flávio Gikovate
23h00 - Crítica & Autocrítica: Alceu Collares
24h00 - Videoclube: "O Fantasma da Liberdade"

PROGRAMAÇÃO ANTIGA: 24 de Março de 1978

No blog ÊHMB De Olho Na TV, vejam agora o que as emissoras de televisão de São Paulo estavam exibindo no dia 24 de março de 1978, uma Sexta-Feira Santa, há exatos 40 anos! Confiram!


TV Cultura (Canal 2)
12h00 - Especial da Semana Santa: O Rei David
13h00 - Panorama
13h30 - Telecurso 2º Grau
13h45 - Tempo de Brasil
14h15 - Asas da Terra
15h15 - Semana Santa Especial: "O Santo Relutante"
17h15 - Via Sacra e Missa Comemorativa de Sexta-Feira Santa
18h30 - Orquestra Sinfônica Estadual
19h45 - Telecurso 2º Grau
20h00 - Hora da Notícia
20h30 - Panorama
21h00 - Heritage Stingers
22h00 - Última Sessão de Cinema: "Milagre em Milão"



Rede Tupi (Canal 4)
09h00 - TV Educativa
09h45 - Inglês com Fisk
10h00 - Clube dos 700
11h00 - Ilha dos Bonecos
12h00 - Stingray
12h30 - Tupi nos Esportes (SP) / Operação Esporte (RJ)
13h00 - Speed Racer
13h30 - Cinema Livre: "O Bobo da Corte"
15h30 - Super Tarde Tupi
16h30 - Sessão Patota (SP) / Clube do Capitão Aza (RJ)
17h15 - Via Sacra e Missa Comemorativa de Sexta-Feira Santa
18h30 - Faixa Quente
19h00 - João Brasileiro, o Bom Baiano
19h50 - O Profeta
20h40 - Grande Jornal Tupi
21h00 - Clube dos Artistas
23h00 - Informe Financeiro
23h05 - Conflito de Armas
24h00 - Longa-Metragem Especial: "Blefando a Morte"


Rede Globo (Canal 5)
06h45 - Padrão a Cores
07h00 - Bom Dia São Paulo
07h30 - Telecurso 2º Grau
07h45 - TVE
08h15 - Telecurso 2º Grau
08h30 - Sítio do Pica-Pau Amarelo: Cupido Maluco (reprise)
09h00 - Daniel Boone
10h00 - Viagem ao Fundo do Mar
11h00 - Mundo Animal
11h30 - Globinho
11h45 - Globo Cor Especial: Monstros Camaradas e Jeannie é um Gênio
12h45 - Globo Interior
12h50 - Copa Brasil
13h00 - Jornal Hoje
13h30 - Senhors Reprise: Locomotivas
14h00 - Sessão da Tarde: "O Último Hurrah!" (SP) / "Romance Carioca" (RJ)
16h00 - Sessão Zás-Trás: Tom & Jerry
16h30 - Faixa Nobre: Seres do Amanhã
17h00 - Kika e Xuxu
17h15 - Globinho
17h30 - Sítio do Pica-Pau Amarelo: Cupido Maluco
18h00 - Maria Maria
18h45 - HB-78: O Valente Treme-Treme
19h00 - Te Contei
19h45 - Jornal Nacional
20h05 - O Astro
20h55 - Sexta Super: Brasil Pandeiro (estreia)
21h55 - Jornalismo Eletrônico
22h00 - O Pulo do Gato
22h35 - Amanhã
22h50 - Classe A: "O Evangelho Segundo São Matheus"
24h50 - Coruja Colorida I: "A Casa Mal-Assombrada" (SP) / "A Nave da Revolta" (RJ)
02h50 - Coruja Colorida II: "Fim de Uma Angústia" (SP) / "Entardecer Sangrento" (RJ)


TV Record (Canal 7)
11h00 - Curso de Madureza
11h45 - Futebol Internacional
12h00 - Telesporte
12h30 - É Tempo de Notícia
13h35 - Todos Cantam Sua Terra
14h00 - Rádio Record na TV
14h30 - Sexta-Feira Gorda: "O Senhor da Guerra"
16h30 - Festival do Desenho Animado
17h15 - Via Sacra e Missa Comemorativa de Sexta-Feira Santa
18h30 - Festival do Desenho Animado
19h10 - Horóscopo
19h15 - Ferreira Netto na Linha
19h20 - De Olho na Copa
19h25 - Jornal da Noite
19h50 - Pica-Pau
20h00 - Sessão Bang-Bang: Lancer
21h00 - Teverama: "Dois Amores e Uma Cabana"
23h00 - Os Audaciosos
24h00 - Sessão dos Executivos: "A Guerra Íntima do Major Benson"



TV Gazeta (Canal 11)
15h00 - Programa Educativo
15h30 - Clarice Amaral em Desfile
17h15 - Via Sacra e Missa Comemorativa de Sexta-Feira Santa
18h30 - Sugestões de Wilson Salles
19h00 - Tavares de Miranda
19h10 - Onze nos Esportes
21h00 - Jornal da TV
21h15 - Nostalgia
22h15 - Câmera Onze
22h30 - Palma de Ouro: "Átila, o Rei dos Hunos"
24h30 - Boa Noite, São Paulo


Rede Bandeirantes (Canal 13)
10h30 - Padrão de Ajuste
11h00 - Madureza
11h30 - Reino Selvagem
12h00 - O Show do Dom Pixote
12h15 - Batfino
12h30 - Jambo & Ruivão
12h45 - O Poderoso Hércules
13h00 - Primeira Hora
13h30 - Reino Selvagem
14h00 - Revista Feminina (SP) / Com Açúcar e Com Afeto: "Aconteceu em Atenas" (RJ)
16h00 - Família Dó-Ré-Mi
16h30 - Um Cowboy na África
17h15 - Via Sacra e Missa Comemorativa de Sexta-Feira Santa
18h30 - Os Pioneiros
19h15 - Jornal Bandeirantes
19h45 - Jornal da Copa
20h00 - Os Comediantes: Charley Chase
21h00 - Missão Impossivel: O Bonde
22h00 - Musical Especial: Quinteto Violado
23h00 - Coluna 13
23h15 - Pobre Homem Rico (SP) / Bronk (RJ)
24h15 - Cinema na Madrugada: "Eles Só Saem à Noite" (SP) / "Cinco Milhões de Erros" (RJ)